04 setembro 2014

A que ponto chegamos, dona internet!

Não é comercial da Asus, ok? hehe

Fotos intimas vazadas de diversas artistas que estão sendo espalhadas pela internet sem suas autorizações, por pessoas que esquecem totalmente que essas também são pessoas como todas nós, que esses mesmo usuários poderiam ser vitimas de tais crimes virtuais.

Polêmicas entre populares da internet que dividem entre à favor e contra, rivalizando de uma tal forma que lembra até mesmo brigas de estádios por causa de ofensas, xingamentos e assim por diante. 

Desafios que começam por causas nobres e se tornam apenas diversão banal. Primeiro era para ajudar uma instituição, mas muitos se esqueceram até mesmo o que era a Esclerose lateral amiotrófica (ALS) e só lembravam de desafiar os amigos ou para se promover. E onde nem se tinha água direito? Agora parece que a moda é outra. Meninas se desafiam em postar fotos "sem make, sem filtro". Realmente, a proposta inicial é incrível - mostrar a beleza que existe fora dos padrões impostos. Mas e aquelas que desprezam totalmente esse fato e só lembram de cada vez mais aumentar o valor se por acaso o desafio não for cumprido? Peraí!


A que ponto chegamos, dona internet! É realmente tudo que começa como algo bom e se torna algo extremamente fútil?  Mas o problema não é a senhora, somos nós. Perdão! Porque até um tempo atrás aqui era um bom lugar. Pessoas vinham até cá para encontrar abrigo dos seus problemas, consolo para suas inquietações, forças para suas lutas. Mas parece que hoje, alguns de nós, racionais, deixamos alguns critérios de ações para trás. 


Mas...mas três situações acima citadas se podem encontrar características boas, elas só poderiam ser coisas boas ou de uma melhor maneira. No primeiro caso, vimos pessoas que jamais se conheceram reunidas um proposito para encontrar algo. Olha que bonitinho! Já no segundo, observamos a lealdade, meio exagerada, mas ok. No terceiro, as causas são excelentes, pessoas se mobilizaram por algo. Só que algumas delas poderiam parar de pensar de pensar só no seu umbigo, não é verdade?

Mas, sabe de uma coisa? Apesar de alguns ainda persistirem em avacalharem sua existência, ainda estarei aqui acreditando na senhora. Meio escondidos entre a turma dos exibidos, tem um pessoal que sabe como se comportar direitinho. Felizmente! Menos mal! Nem tudo está perdido. (E ainda espero que quem já fez errado tenha consciência e se arrependa). Assim a internet será um lugarzinho verdadeiramente ainda mais feliz.
Post patrocinado pela minha revolta que venho acumulando nos últimos dias.
Eu quando vejo um desses fatos.

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo