21 novembro 2016

Odisseia chamada NANOWRIMO (se esforçando por terminar projetos inacabados)

Temos um pequeno grande problema! A pessoa que vos fala sofre de um mal: projeto pessoais inacabados! O pesadelo da vez se chama Nanowrimo. Já ouviram falar?

Num resumo bem resumido, ele é um desafio a nível pessoal - você contra o calendário, a qual tem quem escrever um história de 50 mil palavras durante o mês de novembro. Não existe nenhum grande prêmio. Você não ganha um iPhone Dourado, uma medalha olímpica, nem pode pedir uma música no Fantástico. É só um desafio para se estimular, interagir com outros amiguinhos que estão no mesmo objetivo, e uma coisa maravilhosa, tirar aquela ideia, que surgiu do nada, e por algum motivo, você acha que ela daria uma excelente história e todos iriam ler. Então, esse é o momento! 

Nada melhor do que se concentrar por um mês para escrever sua grande história! Pois é, "concentrar". O que é isso mesmo, é de comer? (Depois que coloquei essa interrogação no texto, divaguei pela internet por uns 20 minutos, sério... 😒😒😒)

Esse já é o terceiro ano que busco pelas tão sonhadas 50 mil palavras no final do mês. A primeira vez, já descobri sobre o projeto mais da metade do mês, então, sem nenhuma ideia concreta, não deu certo. Ano passado só lembrei de me planejar no dia 31 de outubro, ou seja, os dias seguintes foram extremamente doidos, e também logo desisti. "Mas esse ano me lembrei antes de outubro terminar, irei me planejar", pensei eu. Então, só pensei. Bom de colocar em prática, nada! Só sabia o que queria direitinho com a minha história, mas planejar... nem!

Escrevi nos três primeiros dias, depois... o calendário foi me engolindo e acabei me perdendo. Os primeiros dias sem escrever, pensava constantemente nos personagens, como se fosse algo do tipo, minha consciência me avisando que estava deixando eles para trás. Mas com o tempo, fui me lembrando deles cada vez menos, até quando esqueci de lembrar deles. De novo, histórias abandonadaas, por mais que estava amando pensar sobre.

Só sei que queria muito terminar minha história esse ano, queria bater a meta, porquê sabe como é, não é mesmo? Se eu não me policiar, e sentar e meter as caras nos textos, nunca sai. Além do que, quem termina o objetivo, ganha 50% de desconto no Scrivener. E sério, depois que o conheci, quero pra sempre comigo. (Dê um pesquisada os tutoriais dele, é sério, é maravilhoso! É um programa para edição de texto, mas dá para organizar uma pesquisa inteira por lá!!!)

O plano é o seguinte: eu queria muito escrever as 50 mil palavras, mas atualmente isso me dá um saldo negativo de -47 mil palavras. São 47 mil palavras para escrever em 10 dias!!! Ou seja, 4700 palavras por dia. Se, em uma hora eu escrevo 1000 palavras (não tenho certeza, mas acho que sim), devo dedicar quase 5 horas do meu dia escrevendo constantemente. Ufa... cansei só de pensar. Tudo isso, num final de mês mega corrido. Será que consigo? não sei, posso tentar. Mas o máximo que prometo, é uma tendinite, mas vamos tentar chegar ao objetivo!



Esse post foi mais um devaneio, um maneira de colocar meu objetivo "no papel" e ver se eu tomo vergonha na cara. Poderia apagar logo em seguida e nunca mais saber da existência dele. Mas fica aqui a prova que eu DEVO correr atrás, pelo menos tentar, e se não conseguir, posso dizer que pelo menos tentei. E mesmo se, por algum motivo (tipo, descaso), eu não perseguir nesses últimos dias, fica aqui a vergonha marcada no cantinho. Quem está participando, tentou participar do Nano ou tentaria participar, levanta a mão e vamos todos nos desesperar juntos!



Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo